segunda-feira, 15 de abril de 2013

Aposentada é vítima de estelionato.



A Polícia Militar de Minas Gerais foi acionada nesta sexta-feira, 12, às 13:08 horas, na cidade de Pouso Alegre/MG, pela vítima M.P.B., 66 anos, que compareceu na Sede da 17ª RPM e relatou que no dia 11/04 do corrente ano, às 15h30min, à Rua Dom Nery, Centro, no interior de uma Agência Bancária, recebeu ajuda de um cidadão desconhecido para acessar sua conta corrente, sendo que em determinado momento o infrator trocou o cartão da vítima, por um outro e posteriormente efetuou diversos saques na sua conta totalizando R$ 1.780,00( Hum mil setecentos e oitenta ) reais em débito.
A vítima afirmou que somente percebeu a troca do cartão na data de (12/04/2013) quando se deslocou a agência para tentar fazer um saque.
Mediante ao exposto foi registrado e encerrado o fato na Delegacia de Polícia Civil.
DICAS PARA EVITAR DE CAIR EM CONTOS DO VIGÁRIO (ESTELIONATO

Por incrível que pareça, em pleno 3º milênio, ainda há quem caia no chamado conto do vigário. As modalidades são várias, desde o bilhete de loteria premiado, passando pela herança, e muito mais. Quem é enganado está, com certeza, achando que é esperto e que será fácil ganhar um bom dinheiro.
Uma lei imutável determina que um determinado percentual das pessoas é tão extremamente crédula, que cai certamente até nos mais manjados golpes da praça, tipo o conto do bilhete premiado, conto do vigário, conto do paco, golpe da mala, boa noite cinderela, conto do consórcio sorteado, dentre outros.
Tendo em vista alguns casos ocorridos em nossa região nos últimos dias e visando alertar a população, o 16º Batalhão de Polícia Militar dá algumas dicas contra estelionatários (golpistas).
1. Suspeite de pessoas que oferecem prêmios tentadores (bilhetes premiados de loteria, jóias, recompensas, prêmios fáceis, etc). Nada vem de graça, desconfie de dinheiro e ganho fácil;
2. Se achar na rua objetos, folha de cheques, cartões, carteiras, imediatamente solicite o apoio da PM para o devido registro. Muitas vezes os golpistas usam esse momento para enganar as pessoas, oferecendo falsas recompensas.
3. Ao retirar dinheiro do banco, guarde-o com cuidado em local discreto. Não conte dinheiro em público. Saindo do banco, certifique-se que não está sendo seguido;
4. Nunca exiba grande quantidade de dinheiro perante outras pessoas. Separe previamente a quantia necessária as suas pequenas despesas (transporte, cigarro, etc);
5. Evite que os idosos andem desacompanhados por locais desertos ou por ruas de comércio muito movimentado, alertando-os para que tomem cuidado com os "contos do vigário", praticados por marginais bem falantes; cuidado especialmente com pessoas que venham lhe oferecer terrenos em locais distantes, planos de aposentadoria, jóias achadas na rua, curas milagrosas, correntes e alianças de ouro, etc;
6. Evite a ação de ladrões, não ostentando correntinhas ou jóias em locais movimentados;
7. Não carregue consigo objetos de valor, cartões de crédito ou todos seus documentos, se não houver absoluta necessidade;
8. A ambição desmedida do lucro fácil favorece o engodo preparado pelos vigaristas. Não se deixe levar por ofertas fabulosas e negócios da China;
9. Negócios muito vantajosos que surgem da noite para o dia geralmente dissimulam um bem engendrado conto do vigário. Tenha cuidado!
10. Em caso de dúvidas, ligue para a Polícia Militar, no número “190”.
Fonte: PMMG

0 comentários:

Postar um comentário