sexta-feira, 3 de maio de 2013

Adolescente é assassinada por ex-namorado

Marcelo Bernardes confessou o crime


Uma ossada encontrada às margens da BR-491, em São Sebastião do Paraíso(MG), pode ser da estudante Maria Cristina de Assis, de 17 anos, segundo a Polícia Civil. A ossada seguiu para exames no Instituto Médico Legal (IML) de Belo Horizonte (MG) nesta quinta-feira (2).
A adolescente estava desaparecida desde o dia 19 de março. A polícia chegou até os restos mortais na última terça-feira (30) depois que o ex-namorado da vítima, Marcelo Bernardes da Silva, de 38 anos, confessou o crime e levou os policiais até o local. “Ele disse que a matou por ciúmes porque ela teria se envolvido com outra pessoa”, afirma a delegada responsável pelo caso, Rosaine Cecília Justino Lunardelo.
Silva contou à polícia que matou Maria Cristina sufocada. Ele enrolou o corpo em uma manta e deixou em um matagal às margens da BR-491. No depoimento, o suspeito disse que arrastou o corpo até o local, mas a polícia diz que no carro dele havia manchas de sangue. De acordo com a delegada, Silva já tinha cometido outro homicídio também por ciúmes em 2008.
Maria Cristina morava há três anos em uma casa no bairro João XVIII e tinha dois filhos com Silva.
O suspeito está preso na Cadeia de São Sebastião do Paraíso. O resultado do exame na ossada deve ficar pronto em 30 dias.
Ossada encontrada em São Sebastião do Paraíso pode ser de estudante de 17 anos, diz polícia (Foto: Reprodução EPTV)Ossada encontrada em São Sebastião do Paraíso pode ser de estudante de 17 anos, diz polícia (Foto: Reprodução EPTV)
Fonte G1 e Polícia civil

0 comentários:

Postar um comentário