quarta-feira, 26 de junho de 2013

Jovem que cometeu assassinato se entrega à polícia em Itanhadu

João Cezar se entregou à polícia

O jovem que assassinou Davi Nogueira, 21 anos em Itanhandu, se entregou a polícia neste dia 25/06.
João Cezar Castro,18 anos, se entregou espontaneamente à polícia em Itanhandu acompanhado de um advogado, depois de ficar 4 dias foragido.
O crime aconteceu, logo após o jogo Brasil e México. João Cézar foi para a porta da casa de Davi armado com uma faca, junto com outros dois homens. Os três, segundo testemunho de parentes das vítimas, começaram a gritar ofensas na porta de sua casa, Davi então saiu acompanhado de seu irmão e seu pai. Davi foi atingido por várias facadas e golpes na cabeça, assim como seu pai e irmão. O jovem de 21 anos morreu logo em seguida, seu pai foi encaminhado para o hospital, onde ficou internado e seu irmão que teve ferimentos leves, foi atendido, medicado e liberado.
Além do jovem, o pai e um tio dele estão presos desde a última quarta-feira. Eles também são considerados suspeitos do crime, que além de ter tirado a vida do estudante, feriu também o pai dele, que precisou ser hospitalizado, mas recebeu alta nesta terça-feira. Segundo a delegada responsável pelo caso, Camila Pacheco, a partir de agora a investigação segue e haverá um pedido de prorrogação da prisão preventiva do acusado.
A polícia investiga o motivo do crime.
Davi morreu após ser esfaqueado


0 comentários:

Postar um comentário