quarta-feira, 26 de junho de 2013

Pela 1ª vez, STF manda prender um deputado federal

Parlamentar foi condenado a 13 anos, quatro meses e dez dias de prisão por formação de quadrilha e peculato

Brasília - O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou a imediata prisão do deputado Natan Donadon (PMDB-RO), condenado pelo tribunal à pena de reclusão de 13 anos, 4 meses e 10 dias, em regime inicialmente fechado, pelos crimes de formação de quadrilha e peculato.
Essa será a primeira vez, na vigência da Constituição de 1988, que um deputado será preso por decisão do Supremo. Donadon foi condenado em 2010, mas só agora o tribunal julgou os recursos pendentes.
No processo julgado pelo STF, o Ministério Público Federal sustentou que o deputado teria se envolvido com desvio de recursos da Assembleia Legislativa de Rondônia por meio da simulação de um contrato de publicidade. Na época, ele exercia o cargo de diretor do órgão.
Parece que o manifesto feito pelo povo brasileiro começa a surtir efeito e deixa claro que o poder emana do povo, e para o povo, deve e será exercido.  Essa é a hora de botar esses canalhas corruptos na cadeia.
Os políticos estão com o c. na mão e sabem que a partir de agora o gigante acordou e não irá mais dormir. Enfim o povo brasileiro descobriu o poder que tem. Só não pode se corromper nas eleições, pois o eleitor corrupto gera o político ladrão e vice versa. 

0 comentários:

Postar um comentário