sexta-feira, 5 de julho de 2013

A Saúde em foco em São Lourenço


A sexta-feira (5) foi um dia dedicado às discussões sobre Saúde em São Lourenço. A cidade, que há muito se firmou como polo turístico, comercial e de serviços, caminha a passos largos para se tornar, também, um polo regional de saúde. E, neste dia, foi palco de importantes definições na área de Saúde. Na parte da manhã, quase 150 prefeitos fundaram a Rede de Urgência e Emergência na Macrorregião Sul de Minas. Como o financiamento é tripartite, estiveram presentes, também, o Secretário de Estado da Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, e o Secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Helvécio Miranda Magalhães. À tarde, foi inaugurada a Unidade Integrada de São Lourenço da Rede Farmácia de Minas. À noite, o Secretário Antônio Jorge recebe, na Câmara Municipal, o Título de Cidadão Honorário de São Lourenço.


A Rede de Urgência e Emergência na Macrorregião Sul de Minas será o maior consórcio na área de saúde, ao sul da Fernão Dias. O município de São Lourenço, através de seu Secretário de Saúde, que também é presidente do COSEMS MG e diretor do CONASEMS, liderou toda a articulação e a realização da reunião para a fundação desse consórcio.

A rede será formada pelas unidades de pronto socorro ou pronto atendimento, que funcionam nos hospitais de referência, e já são financiadas pelo poder público, e pelo Samu. Além deles, tem também o componente Leito Retaguarda, que são leitos hospitalares contratados para pacientes com necessidade de acompanhamento prolongado, e o de Leitos de UTI, que irão garantir um número maior de leitos na região para atendimento às urgências. Isto tudo em funcionamento, significará um investimento na Rede de Urgência e Emergência da Macrosul no valor de 400 milhões de reais.


Aproveitando o evento, foi apresentada ao Ministério da Saúde e à Secretaria de Estado da Saúde, a proposta de credenciamento dos serviços de Oncologia do Hospital de São Lourenço. A nossa referência atual não consegue dar conta da demanda, e temos em São Lourenço um serviço quase pronto para iniciar o atendimento em Quimioterapia e Cirurgia Oncológica. Segundo o prefeito municipal, diante da receptividade das autoridades de Saúde, presentes na reunião, tudo indica que, em breve, as pessoas de São Lourenço e região, que fazem quimioterapia pelo Sus, não precisarão mais viajar até Varginha ou outro centro maior, pois o tratamento poderá ser feito, de graça, no hospital local.





0 comentários:

Postar um comentário