quarta-feira, 31 de julho de 2013

Autoridades de São Lourenço se reúnem em Belo Horizonte com Propostas para o Judiciário


                  

           

            A 19ª Subseção da Ordem dos Advogados, presidida pelo advogado Silvio Nadur Motta, chefiou uma comissão de peso que se dirigiu até Belo Horizonte no dia 25 de Julho do presente ano, com o propósito de lutar por melhorias no judiciário de nossa cidade.
            Dentre os componentes da comitiva estavam: desembargadores, lideranças da OAB estadual, representantes da Faculdade de Direito e do Prefeito, advogados, vereadores, líderes sindicais, entre outros. Uma das principais metas era a implantação de uma Vara do Trabalho em São Lourenço, visto que nossa comarca é referência entre as comarcas da região e precisamos nos deslocar até a cidade de Caxambu para ter acesso a tal serviço.

            As lideranças foram recebidas pela presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região Desembargadora Deoclecia Amorelli Dias e pelo Presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Desembargador Joaquim Herculano Rodrigues.
            Os mesmo colocaram em estudo a possibilidade da implantação das Varas Estaduais e do Trabalho, mas deferiram com louvor a implantação de uma Turma Recursal em São Lourenço, beneficiando toda a microregião que está ligada à  Comarca de Itajubá.    

            Outra conquista importante da reunião, foi a aprovação para a construção da sede própria da 19ª Subseção da Ordem dos Advogados, cujo espaço físico pretendido está localizado ao lado da Prefeitura Municipal de São Lourenço, deverá ser doado pelo Município, na pessoa do Senhor Prefeito José Neto Sarcido Barcia.


            Além da população São Lourenciana, muitas outras serão beneficiadas, com a Turma Recursal e com a Sede Própria da 19ª Subseção da OAB, como as populações das Comarcas de Carmo de Minas, Cristina, Cruzília, Conceição do Rio Verde, Itamonte, Itanhandu, Baependi, Lambari, Passa Qautro, Aiuruoca e Andrelândia que deverão pertencer à competência territorial do Tribunal Regional de São Lourenço. 

0 comentários:

Postar um comentário