quinta-feira, 25 de julho de 2013

Criança morre em acidente com buggy


Uma criança de 11 anos morreu e um adolescente de 13 anos ficou ferido em um acidente com um buggy  por volta das 18h desta segunda-feira (21) na zona rural de Borda da Mata (MG). Segundo a Polícia Militar, os garotos, que são irmãos, aproveitaram a ausência dos pais para pegar o veículo e saíram por uma estrada que liga o município a Tocos do Moji (MG).
De acordo com a PM, Alexandro Siqueira Estocom, de 11 anos, era quem pilotava o buggy. Ele perdeu o controle da direção e tombou com o veículo em uma curva. O garoto chegou a ser socorrido, mas morreu no Hospital de Borda da Mata. O corpo foi levado para o IML de Pouso Alegre (MG).
Corpo do garoto de 11 anos é velado em Borda da Mata (MG).  (Foto: Isabel Braga/EPTV )Corpo do garoto de 11 anos é velado em Borda da Mata (MG). (Foto: G1 )
Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, o outro menor teve apenas ferimentos leves. A PM informou também que as crianças não tinham autorização para pilotar o buggy, já que segundo o Código de Trânsito Brasileiro, conduzir veículos motorizados só é permitido a maiores de 18 anos, com carteira de habilitação.
A mãe dos garotos já tinha, inclusive, murchado um dos pneus para evitar que os filhos pilotassem o veículo. O buggy foi apreendido pela PM e encaminhado a Polícia Civil. O boletim de ocorrência será repassado a Polícia Civil, que deve investigar o caso e avaliar se os pais serão responsabilizados.
O irmão do garoto, Leandro Siqueira Escotom, de 13 anos, ficou apenas com ferimentos leves no acidente. Segundo a Polícia Militar, os irmãos aproveitaram a ausência dos pais para pegar o veículo e saír por uma estrada que liga o município a Tocos do Moji (MG). Em determinado momento, o garoto de 11 anos, que pilotava o buggy, perdeu o controle da direção em uma curva e tombou o veículo. Com o impacto, as duas crianças foram lançadas para fora e depois socorridas por pessoas que passavam na estrada na hora do acidente. Alexandro sofreu traumatismo craniano e morreu no Hospital de Borda da Mata.
Segundo o avô do garoto, os pais não aprovavam o brinquedo. A mãe dos garotos já tinha, inclusive, murchado um dos pneus para evitar que os filhos pilotassem o veículo. Mas os meninos colocaram pedaços de pano no buraco e conseguiram sair com o veículo.

"Ele comprou o brinquedo e foi arrumando as peças uma por uma até ele ficar pronto", disse o avô Benedito Escotom, dizendo que o buggy era uma das diversões preferidas dos netos.



Fonte G1

0 comentários:

Postar um comentário