quarta-feira, 17 de julho de 2013

Guerra entre rivais em Passos - Polícia prende suspeitos de assassinato

Os presos eram amigos do jovem morto na segunda feira
A polícia prendeu um homem e apreendeu um adolescente nesta terça-feira (16) suspeitos de terem matado a dona de casa Maria Lúcia de Oliveira Costa, de 49 anos, em Passos (MG). Maycon Antônio de Oliveira, de 18 anos, e um menor de 17 teriam matado a vítima por volta das 8h.
Segundo a polícia, o crime foi motivado por vingança. A dona de casa não era o alvo dos assassinos e sim o filho dela, Tiago de Oliveira Costa, suspeito de ter matado na noite desta segunda-feira (15) Juliano Henrique de Oliveira, de 17 anos, e ferir com dois tiros a mãe dele, Roseli Aparecida de Oliveira, de 37, que tentou proteger o filho. Tiago foi ouvido pela polícia e liberado.
No dia 25 de março deste ano, Juliano teria matado Alessandro de Oliveira Costa, de 30 anos, irmão de Tiago. O crime foi dentro de um supermercado no bairro Nossa Senhora de Lourdes. As câmeras de segurança no local registraram o momento do crime.
O rapaz de 18 anos e o menor detidos nesta terça-feira eram amigos de Juliano. Eles estavam escondidos em uma casa no bairro Cohab. No local ainda foram encontradas 90 capsulas de cocaína enterradas no quintal. Os dois jovens já tinham passagens por homicídio.
Os crimes
Os dois casos aconteceram em menos de 12 horas na cidade. Segundo a Polícia Militar, os crimes foram registrados a pouco mais de dois quarteirões de distância, no bairro Nossa Senhora de Lourdes. O primeiro caso aconteceu por volta das 20h30 de segunda-feira, quando um jovem de 17 anos morreu e a mãe dele, uma dona de casa de 37 anos, ficou ferida na mão e no abdômen por tentar protegê-lo.
Maria Lúcia de Oliveira Costa, de 49 anos, foi morta a tiros 

Ela foi socorrida e levada para a Santa Casa de Passos, onde passou por uma cirurgia para a remoção das balas e permanece internada. O estado de saúde dela, segundo o hospital, é estável e ela não corre risco de morte.
De acordo com a polícia, o segundo caso foi registrado por volta das 8h desta terça-feira (16), quando uma mulher de 50 anos foi baleada com pelo menos cinco tiros. Ela foi atingida pelos disparos feitos por duas pessoas que procuraram o filho dela, um jovem suspeito de estar envolvido com o homicídio registrado na noite de segunda-feira. O corpo dela foi levado para o Posto de Perícias Integrado da Polícia Civil.




Fonte G1 e PC

0 comentários:

Postar um comentário