sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Bebê de 2 meses é internado após ser espancado pelo pai em Passos, MG


Um bebê de dois meses está internado em estado grave na Santa Casa de Passos (MG) por suspeita de ter sido espancado pelo próprio pai. Segundo a Polícia Militar, a mãe, de 18 anos, levou o menino ao hospital depois que ele sofreu convulsões. Ainda conforme a polícia, o médico que atendeu a criança disse que ela estava com hematomas na cabeça e lesões pelo corpo.
O Conselho Tutelar avisou a polícia. A mãe disse aos policiais que deixou o filho sozinho com o pai, que é viciado em crack.
O pai foi ouvido na delegacia. Como não houve flagrante, ele foi liberado.
Passos é hoje a cidade mais violenta do sul de minas. São muitos assassinatos, brigas de gangues, tráfico de drogas, estupros, assaltos, pai que mata o filho, filho que mata o pai e outros delitos. Parece ser uma cidade sem lei, onde quem vence a batalha são as drogas.

Centro de prevenção à criminalidade será lançado em Passos

Um Centro de Prevenção à Criminalidade, com o programa de redução de homicídios Fica Vivo! e um  Centro Socioeducativo, para acautelamento e ressocialização de adolescentes infratores. São estas as principais frentes de enfrentamento à violência que a cidade de Passos terá já a partir dos próximos meses. O anúncio foi realizado no dia 03.07, durante reunião da cúpula da Defesa Social na cidade.
O encontro reuniu o secretário de Defesa Social, Rômulo Ferraz, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Márcio Martins Sant´Anna, e o chefe de gabinete da Polícia Civil, Dr. Jésus Trindade, lideranças policiais da 18ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), o prefeito José Hernane Silveira, vereadores, além de representantes da Justiça e do Ministério Público e teve como objetivo a definição de metas estratégicas e de curto prazo na contenção da violência na cidade.
Passos é a terceira cidade do interior do Estado a receber a cúpula da Defesa Social que, até final do ano, irá se reunir com todos os comandantes das regiões da Polícia Militar e chefes de departamentos regionais da Polícia Civil nas 18 Risps do Estado. Nas três Risps da Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde a dinâmica de reuniões com os comandos, estabelecimentos de metas e cumprimentos dos objetivos estão sendo realizados desde abril deste ano, houve redução de 15% dos homicídios entre os meses de março e abril deste ano.
De acordo com o secretário Rômulo Ferraz, a intenção é que o Centro de Prevenção à Criminalidade de Passos esteja já em funcionamento em janeiro do ano que vem. “Vamos iniciar a fase de diagnóstico, em conjunto com as polícias, e buscar todo o apoio necessário, inclusive junto ao Executivo, para colocar em prática este projeto”, destacou. Segundo avaliação inicial, o bairro que Novo Horizonte deve ser a sede do Centro. “Nos próximos meses também vamos iniciar a expansão do GEPAR para ao município (Grupamento Especializado em Áreas de Risco, da Polícia Militar), que trabalhará em parceria com o Núcleo de Prevenção e com o Projeto Mediar, da Polícia Civil”.

0 comentários:

Postar um comentário