terça-feira, 12 de novembro de 2013

III CONFERÊNCIA NACIONAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL.

Sergio Abreu com a Ministra Luiza Bairros SEPPIR


O Advogado Sérgio Abreu presidente do COMPIR- São Lourenço-participou como Delegado eleito para III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial – III CONAPIR - entre os dias 05 e 07 de novembro em Brasília.
Dentre os resultados obtidos na Conferência a Presidenta Dilma Rousseffanunciou o envio ao Congresso Nacional de um Projeto de Lei que reserva 20% das vagas de concursos públicos federais aos negros. Assinou o decreto que regulamenta o Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial, confirmou a criação de uma instância específica para tratar da questão da saúde da população negra no Ministério da Saúde e garantiu que, até março de 2014, todas as comunidades quilombolas do país receberão profissionais do Programa Mais Médicos.
Além da presidenta Dilma Rousseff e da ministra da Igualdade Racial, Luiza Bairros, a mesa de abertura da III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial – III Conapir foi composta pelos representantes, no Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial (CNPIR), da sociedade civil, Maria Júlia Nogueira, das comunidades e povos de cultura cigana, Bárbara Angeli, das comunidades tradicionais de matriz africana, Walquíria de Souza Silva e das comunidades quilombolas, Arilson Ventura.

Com Edna Roland - Relatora Geral da Conferência de Durban. 

Pelos ministros interino de Ciência, Tecnologia e Inovacão, Luís Antônio Elias, da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, da Comunicação Social, Helena Chagas, interino de Assuntos Estratégicos, Marcelo Neri, da Secretaria de Direitos Humanos, Helena Chagas, de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, interino da Educação, do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, José Henrique Paim Fernandes, advogado-geral da Advocacia Geral da União, Luis Inácio Adams, secretária-executiva do Planejamento, Orçamento e Gestão, Eva Chiavon, de Minas e Energia, Edson Lobão, da Previdência, Garibaldi Alves, das Relações Exteriores, Luís Alberto Machado.
Na ocasião, a ministra Luiza bairros e o presidente do SEBRAE,  Luis Barreto, assinaram um protocolo de intenções com o objetivo de promover o empreendedorismo negro no Brasil. Um termo de cooperação técnica para promoção do desenvolvimento do artesanato quilombola, também foi assinado entre ela e o ministro Guilherme Afif Domingos e um selo personalizado alusivo à conferência foi obliterado pela presidenta Dilma Rousseff e o vice-presidente jurídico dos Correios, Cléucio Santos Nunes.

Delegação de Minas Gerais

A Conferência contou com o lançamento dos livros “Mulheres Negras Contam Sua História”,‘ A Lenda da Modernidade Encantada: por uma crítica ao pensamento social brasileiro sobre relações raciais e projeto de Estado-Nação’Professor Marcelo Paixão professor e coordenador do Laboratório de Análises Econômicas, Históricas, Sociais e Estatísticas das Relações Raciais (Laeser), da Universidade Federal do Rio de Janeiro. “Mapa da população segundo cor e raça”

Fruto da cooperação técnica entre a SEPPIR e o IBGE, o produto mostra a distribuição percentual da população negra no país, com base no Censo Demográfico de 2010.
Quarenta instituições mostram suas iniciativas pela promoção da igualdade racial. Entre elas, Petrobras, Banco do Brasil, CEF, Sebrae, Secretaria Geral, Fundação Cultural Palmares e a própria SEPPIR, cujo estande abordou os 10 anos do órgão e da institucionalização da política de promoção da igualdade racial.
No Painel sobre democracia e desenvolvimento sem racismo, o ministro Gilberto Carvalho propôs a inversão da lógica do autoritarismo do estado. Já a deputada Benedita da Silva sustenta que “o estado não pode se apropriar da luta e que as comunidades devem lutar por espaço de poder”.

 
Presidente Dilma Rousseff na Abertura da Conferência



0 comentários:

Postar um comentário