sábado, 11 de janeiro de 2014

Bêbado morre após ser empurrado em ribeirão


Na noite dessa quinta-feira, a Polícia Militar compareceu à Praça Desembargador Ribeiro da Luz, Centro, onde registrou uma ocorrência de homicídio.
O solicitante de 31 anos, relatou que havia o corpo de um homem caído no Ribeirão Pouso Alto. O local foi isolado e a perícia técnica acionada.
Duas testemunhas alegaram que viram quando um andarilho de 52 anos, após discussão com a vítima de 31 anos, veio a empurrá-lo, e ele se desequilibrou e caiu de uma altura de aproximadamente 03 metros, dentro do ribeirão.
Outra testemunha relatou que presenciou a vítima e o autor discutindo, minutos antes da ação.
O autor disse que fez uso de bebida alcoólica junto com a vítima e momentos depois passaram a discutir e se agredirem por motivos fúteis, quando deu um empurrão na vítima, que estava na beira do ribeirão, o qual veio a se desequilibrar e cair.
Segundo informações, a profundidade do ribeirão não passa de 20 cm, contudo a vítima caiu com a cabeça na areia, provavelmente batendo-a em uma pedra e veio a quebrar seu pescoço e ainda causar um ferimento no alto do crânio, o que provavelmente ocasionou sua morte.
A partir das informações colhidas no local, os militares lograram êxito em prender em flagrante o autor, que se encontrava nas proximidades do local, sendo conduzido para a Delegacia de Polícia de São Lourenço para demais providências.
A perícia técnica realizou os trabalhos de praxe e liberou o corpo para ser removido até o IML de São Lourenço/MG.
Na noite dessa quinta-feira, a Polícia Militar compareceu à Praça Desembargador Ribeiro da Luz, Centro, onde registrou uma ocorrência de homicídio.
O solicitante de 31 anos, relatou que havia o corpo de um homem caído no Ribeirão Pouso Alto. O local foi isolado e a perícia técnica acionada.
Duas testemunhas alegaram que viram quando um andarilho de 52 anos, após discussão com a vítima de 31 anos, veio a empurrá-lo, e ele se desequilibrou e caiu de uma altura de aproximadamente 03 metros, dentro do ribeirão.
Outra testemunha relatou que presenciou a vítima e o autor discutindo, minutos antes da ação.
O autor disse que fez uso de bebida alcoólica junto com a vítima e momentos depois passaram a discutir e se agredirem por motivos fúteis, quando deu um empurrão na vítima, que estava na beira do ribeirão, o qual veio a se desequilibrar e cair.
Segundo informações, a profundidade do ribeirão não passa de 20 cm, contudo a vítima caiu com a cabeça na areia, provavelmente batendo-a em uma pedra e veio a quebrar seu pescoço e ainda causar um ferimento no alto do crânio, o que provavelmente ocasionou sua morte.
A partir das informações colhidas no local, os militares lograram êxito em prender em flagrante o autor, que se encontrava nas proximidades do local, sendo conduzido para a Delegacia de Polícia de São Lourenço para demais providências.
A perícia técnica realizou os trabalhos de praxe e liberou o corpo para ser removido até o IML de São Lourenço/MG.

0 comentários:

Postar um comentário