domingo, 23 de fevereiro de 2014

Disque-Denúncia pede ajuda para encontrar suspeitos de concretar idosa na pia de casa


Divulgação / Polícia Civil
O Disque-Denúncia lançou um cartaz pedindo ajuda para encontrar a filha e o genro da idosa encontrada concretada sob a pia da cozinha da casa onde morava em Santa Cruz, zona oeste do Rio. Samile Pinto da Fonseca, de 39 anos, é suspeita de matar e esconder o corpo da própria mãe, Sonia Maria Pinto da Fonseca, de 62 anos. 
A vítima morava com a filha e o genro, Fábio Furtado de Oliveira, de 18 anos, que também está desaparecido. O companheiro da suspeita também teria participado do crime, segundo a Polícia Civil.
Samile e Fábio tiveram prisão temporária de 30 dias decretada pelo plantão judiciário do Tribunal de Justiça do Rio, na madrugada desta quinta-feira (20).
Segundo investigação da DH, a idosa estava desaparecida havia três dias. O corpo foi encontrado na quarta-feira (19) após vizinhos notarem um forte cheiro exalando da casa. Uma perícia foi feita no local. Ainda de acordo com a DH, parentes e vizinhos da vítima já prestaram depoimento na unidade. Na quinta-feira (21),
José Roberto Morais, vizinho de Sônia, ficou revoltado com a morte da amiga.
— Isso é um absurdo, não podemos admitir. Ela era um amor de pessoa, sem inimigos.
Quem tiver informações sobre os procurados deve entrar em contato com o Disque-Denúncia pelo telefone (21) 2253-1177.

0 comentários:

Postar um comentário