quarta-feira, 18 de junho de 2014

Nove radares são instalados na BR-459, entre Itajubá e Pouso Alegre

Grande índice de acidentes com mortes faz com que governo instale mais radares no trecho

Por causa do número de acidentes e mortes no trecho da BR-459 que liga Pouso Alegre (MG) a Itajubá (MG), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) instalou nove novos radares com câmeras que registram imagens em um ângulo de 150 graus. No trecho foram registradas 7 mortes apenas neste ano.
Os pontos para instalação dos radares foram escolhidos pelo Dnit com base em dados como a incidência de acidentes, como é o caso do trevo que liga Itajubá (MG) a Piranguçu(MG), onde já foram registradas várias mortes.
Segundo dados levantados pela Polícia Rodoviária Federal, que estava responsável pelo trecho desde abril de 2013, no ano passado foram registrados 196 acidentes e 7 mortes na rodovia. Já neste ano o número chega a 95. Tais números fizeram, inclusive, com que pessoas que perderam parentes e amigos vítimas de acidente protestassem por medidas preventivas. Na ocasião cruzes foram colocadas no trevo, simbolizando as vidas perdidas.

O motociclista morreu após bater de frente com a ambulância perto de Piranguinho

Novos radares são instalados na BR-459, entre Pouso Alegre e Itajubá (Foto: Reprodução EPTV)Novos radares são instalados na BR-459, entre Pouso Alegre e Itajubá (Foto: Reprodução G1)
     c  Leandra Aparecida de Melo também comenta a instalação, já que ela perdeu um filho de 15 anos atropelado no local. “Eu acho que ainda é pouco para resolver o problema dos acidentes. O ideal seria evitar que mais pessoas morressem”, disse.
Ainda segundo o Dnit, já existiam 5 radares em funcionamento no trecho e até o final desta semana, novos equipamentos devem ser ligados.

0 comentários:

Postar um comentário