sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Morre no Rio o dançarino Bob Lester aos 102 anos


Morreu na madrugada desta sexta-feira (6), o dançarino e sapateador Bob Lester, de 102 anos. Nascido Edgar de Almeida Negrão de Lima, ele se notabilizou nas décadas de 1930 e 1940, quando chegou a dançar ao lado de Frank Sinatra e Bob Hope. A partir das 18h desta sexta, começou o velório na capela do Retiro dos artistas, no Pechincha, Zona Oeste do Rio. O sepultamento acontece no sábado (7), às 13h, no Cemitério de Jacarepaguá, também no Pechincha.
Edgar de Almeida Negrão de Lima nasceu no distrito de Boca do Monte, na cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, em 1913. Em entrevista ao Programa do Jô em 2009 [veja o vídeo], Bob Lester contou que o seu nome artístico foi criado pelo comediante americano Bob Hope, quando já trabalhava nos Estados Unidos. O americano achava que o nome de batismo dificultaria a vida artística em um país de língua inglesa.
Lester, que vivia no Retiro dos Artistas, estava internado desde o dia 4 de novembro no Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste. Ele morreu por volta das 3h.
Bob Lester participou da segunda formação do Bando da Lua, o conjunto que acompanhava a cantora e atriz Carmen Miranda em suas apresentações nos Estados Unidos.
Bob Lester se apresentou em São Lourenço no TROFÉU IMPRENSA 2005 em uma grande performance que agradou a todos os presentes. Bob Lester deu um verdadeiro show de sapateado com o estilo dos grandes sapateadores mundiais.
Bob Lester adorava passear em São Lourenço e passava muitos momentos caminhando pelas ruas da cidade, onde conversava com todos e mostrava sua alegria contagiante.

0 comentários:

Postar um comentário