terça-feira, 1 de novembro de 2016

Ajude o Matheus

QUEM É MATHEUS?
Matheus é um menino de 2 anos e 8 meses, portador de uma má formação congênita. Matheus é portador de MIELOMENINGOCELE, HIDROCEFALIA, CHIARI TIPO II E BEXIGA NEUROGÊNICA e esse tratamento é uma esperança para melhorar a sua qualidade de vida.
Desde que ele nasceu luta por sua sobrevivência, de tratamento em tratamento. Agora surgiu uma esperança para os pais de Matheus. Um tratamento especializado na Tailândia, com inúmeros benefícios para a criança, que consiste em injeções de células-tronco mesenquimais do cordão umbilical (UCMSC), feitas através de método intravenoso (IV) e punção lombar (PL).
O protocolo de tratamento exato só será discutido após a chegada de Matheus em Bangkok. A PL só é feita após avaliação com os médicos no hospital, mas os benefícios do tratamento já comprovados em casos semelhantes são muitos.




CAMPANHA: AJUDE O MATHEUS
X
CAMPANHA: AJUDE O MATHEUS Página 2
O tratamento, no entanto, é caríssimo, custando U$ 30.030,00, que equivale a mais de R$ 95 mil reais. E na chegada ao hospital são oferecidas duas injeções no valor de U$ 3.500,00 cada uma.
Então, para a família tirar os documentos e se manter no exterior com todas as despesas que irão necessitar, pagar o tratamento e as injeções extra, esse valor chegará a R$ 150.000,00.
Para conseguir realizar o tratamento, os pais de Matheus lançaram uma campanha de solidariedade na internet. O valor do tratamento inclui as injeções com células-tronco, todos os testes e exames necessários ao chegar, programa de reabilitação completo e serviço de tradução para facilitar a comunicação.
O tempo de permanência de Matheus na Tailândia será de 25 dias para a aplicação das injeções e para as terapias em geral que o hospital fornece, como fisioterapia, acupuntura, terapia ocupacional, hidroterapia, estimulações por ondas elétricas, câmara hiperbárica.
A DOENÇA
A MIELOMENINGOCELE, também conhecida como ESPINHA BÍFIDA, é uma má formação congênita da coluna vertebral, onde ela não exerce a função de proteger a medula espinhal. Como consequência, afeta o sistema nervoso, órgãos como a bexiga, intestino e músculos. No caso do Matheus, ele não tem controle sobre a bexiga e intestino, não tem sensibilidade nos pés e nem equilíbrio para se manter em pé sem estar apoiado em algum lugar.
Quando Matheus nasceu, em 24 horas teve que fazer uma cirurgia no Hospital Universitário Alzira Velano, em Alfenas. Ele fez essa cirurgia para correção da coluna. Dois dias depois já precisou ser operado novamente para a introdução de um cateter que liga o crânio a bexiga para que o líquido existente na cabeça seja drenado artificialmente, uma vez que o organismo dele não faz de maneira natural.
Matheus não tem um desenvolvimento como os das demais crianças da idade dele, pois não fala e nem anda. Até pouco mais de um ano ele se desenvolveu, mas agora não vai passar disso se não fizer o tratamento com as células-tronco na Tailândia.
O TRATAMENTO
1. Onde é feito o tratamento?
O hospital é localizado em Bangkok, na Tailândia.
2. Como funciona o tratamento?
São 6 (seis) injeções de células-tronco mesenquimais do cordão umbilical (UCMSC), injeções feitas através de método intravenoso (IV) e punção lombar (PL). O protocolo de tratamento exato só será discutido após a chegada de Matheus em Bangkok. A PL só é feita após avaliação com os médicos no hospital.



CAMPANHA: AJUDE O MATHEUS 
3. Quanto tempo é o tratamento?
São 25 dias, para a aplicação das injeções e para as terapias em geral que o hospital fornece, tais como: fisioterapia, acupuntura, terapia ocupacional, hidroterapia, estimulações por ondas elétricas, câmara hiperbárica.
4. Qual é o diagnóstico do Matheus?
Matheus é portador de MIELOMENINGOCELE, HIDROCEFALIA, CHIARI TIPO II E BEXIGA NEUROGÊNICA.
5. Quais os benefícios com esse tratamento?
• Aumento dos movimentos;
• Aumento da sensibilidade;
• Força muscular melhorada;
• Maior capacidade de suor;
• Melhorias no equilíbrio;
• Melhor controle da bexiga e do intestino;
• Diminuição da espasticidade muscular;
• Diminuição da dor neuropática.
DATA DA VIAGEM
O Matheus precisa estar na Tailândia até o final de Fevereiro/2017. Os pais de Matheus estão muito esperançosos com a campanha e acreditam na solidariedade das pessoas. Com um pequeno gesto podemos mudar vidas.
DOAÇÕES
A forma de ajudar diretamente é depositando na conta dos pais de Matheus a sua doação espontânea:
BANCO BRADESCO AG: 1868-6 CONTA POUPANÇA: 2585-2 DIHALLY M. VIOTTI MARTINS / CPF: 120.571.986-50 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL AG: 0152 OP: 013 CONTA POUPANÇA: 22211-8 FÁBIO F DA SILVEIRA / CPF: 052.336.576-43.



0 comentários:

Postar um comentário