terça-feira, 28 de março de 2017

Mulher é sequestrada e queimada no porta malas do próprio carro.

A mulher encontrada carbonizada dentro do porta-malas de um carro na manhã desta segunda-feira (27) em São Sebastião do Paraíso (MG) teria sido levada à força de uma casa de shows na cidade. Segundo a Polícia Militar, amigos e funcionários chegaram a fazer um boletim de ocorrência contando que Nancy Ferreira, de 64 anos, havia sido conduzida por quatro homens por volta das 22h da noite de domingo (26). A perícia ainda trabalha para confirmar a identidade da vítima.
"Armados, encapuzados. Eles entraram no estabelecimento após arrombar a porta e a todo mundo procuravam a proprietária do estabelecimento. Depois que acharam a proprietária dormindo em um quarto, eles roubaram os telefones celulares do outros ocupantes do estabelecimento e levaram a proprietária no porta-malas do carro dela", explicou o policial Márcio Aurélio Alves Abrantes, da Polícia Militar.
Segundo a Polícia Civil, o carro foi achado em uma estrada de terra, próximo ao Jardim Vale do Paraíso. O veículo estava completamente queimado e só foi identificado por causa da placa.
Corpo é encontrado carbonizado dentro de veículo em São Sebastião do Paraíso (Foto: Reprodução / Redes Sociais)Corpo é encontrado carbonizado dentro de veículo em São Sebastião do Paraíso (Foto: Reprodução / Redes Sociais)
Ainda segundo a polícia, Nancy era sócia da casa de shows e morava há dois meses na cidade. Ela era de Franca (SP) e trabalhou como professora de educação física até se aposentar em 2010.
"Uma pessoa extremamente generosa, uma pessoa alto astral. O que ela pudesse ajudar a gente, ela ajudava. Sempre uma mulher muito dinâmica, muito batalhadora", diz a amiga Cláudia Maia.
Nancy era divorciada e os filhos moram em Aparecida de Goiânia com o pai. A Policia Civil já ouviu algumas pessoas que estavam na casa de shows no momento em que ela foi levada e ainda espera ouvir a família da vítima.
"A polícia tem algumas linhas de investigações, mas acho que é tudo muito prematuro da nossa parte a gente focar especificamente em uma dessas linhas. Então estamos trabalhando para poder checar algumas informações que vão chegando e tentar pegar o fio da meada em uma das linhas. Mas em princípio, a gente está colhendo estas informações para ver se a gente consegue chegar na autoria desse fato", diz o delegado Tiago Bordini.
O corpo foi removido e encaminhado para o IML, para que a identidade da vítima seja comprovada. Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.



Fonte: G1 e Pc

0 comentários:

Postar um comentário