terça-feira, 29 de agosto de 2017

Governo Temer Vai Cortar 1 Milhão De Auxílio Doenças


Cerca de 400 mil benefícios já foram cancelados, mas o governo quer chegar a um corte de 1 milhão; economia prevista por Michel Temer e sua equipe econômica, que anunciou um rombo de R$ 159 bilhões nas contas públicas, é de R$ 17 bilhões até o fim de 2018; desde agosto do ano passado, quando foi iniciada a revisão dos benefícios, o governo já estima ter economizado R$ 3 bilhões; enquanto isso, Temer usa verba pública para comprar deputados e se livrar de denúncia de corrupção; novo rombo fiscal elevará ainda mais o limite para que o peemedebista utilize as emendas parlamentares com este fim
O governo de Michel Temer pretende economizar R$ 17 bilhões até o fim de 2018 cortando auxílio-doença da população, enquanto o peemedebista usa verba pública para comprar deputados e se livrar de denúncia de corrupção.
Cerca de 400 mil benefícios já foram cancelados, mas o governo quer chegar a um corte de 1 milhão, informa reportagem do jornal O Estado de S.Paulo neste sábado 19.
A revisão dos benefícios tem ocorrido desde agosto do ano passado. Nesse período, o governo estima já ter economizado cerca de R$ 3 bilhões, de acordo com dados do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS).
Vale lembrar que o novo rombo fiscal anunciado pelo governo, de R$ 159 bilhões, elevará ainda mais o limite para que o peemedebista utilize as emendas parlamentares para a compra de parlamentares no Congresso, onde Temer enfrentará novas denúncias.
Ao que tudo indica, a meta deste governo é massacrar o pobre assalariado e conceder benesses aos políticos. Fico aqui pensando: Porque tanta insensatez? Porque humilhar ainda mais quem já está condenado a uma pena de morte com requintes de crueldade?? 

Salário do trabalhador: R$ 937,00
Salário de um deputado: Somente o salário é de R$ 33.763,00.
Os auxílios mensais incluem: ajuda de custo de R$ 1.406,79, cotão médio de R$ 39.884,31, auxílio-moradia de R$ 1.608,34 e verba para o gabinete (com até 25 funcionários) no valor de R$ 92 mil. Portanto, o custo mensal de um deputado é de R$ 168.622,44. Já o valor anual é superior a dois milhões de reais – o número exato é R$ 2.023.949,28.
Chegaremos a valores assustadores ao levarmos em consideração que a câmara conta com 513 #deputados.

São mais de R$ 86 milhões mensais (R$ 86.523.831,72) e de UM BILHÃO ANUAL (R$ 1.038.285.980,64).
Para se ter uma ideia, o gasto anual com apenas um deputado seria capaz de custear a presença de mais de 611 crianças em creches durante um ano todo, de acordo com os números divulgados pelo Ministério da Educação em 2016. O valor que o governo repassa por ano por meio do programa Brasil Carinhoso para cada aluno de creche é de R$ 3.308,91.

Será que o problema do Brasil são os aposentados??

0 comentários:

Postar um comentário