sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Apoio À Intervenção Militar Já Passa De 50%, Aponta Uma Pesquisa Inédita


Levantamento inédito da Paraná Pesquisas indica que 51,6% dos brasileiros é a favor de uma intervenção militar no Brasil. O percentual de entrevistados contrários à medida é de 43,1%. O levantamento ouviu 2.500 pessoas, entre os dias 25 e 28 de setembro. A maioria dos que defenderam uma ação das Forças Armadas no país é formada por homens (52,6%), com idades entre 35 e 44 anos (45,9%) e com ensino fundamental (44,4%).
A divulgação da pesquisa ocorre dias após o general Antonio Hamilton Mourão defender a intervenção militar para conter a corrupção política no país. Embora tenha desautorizado o oficial, o Alto-Comando do Exército não pretende puni-lo pelas declarações.
BANNER NO CONGRESSO – Na manhã desta quinta-feira (28/9), um banner gigante de agradecimento ao coronel Mourão e em defesa de uma intervenção foi içado por um guindaste em frente ao Congresso Nacional. Estava prevista na pauta do plenário do Senado, nesta quinta, a votação do Projeto de Lei Complementar 44/2016, que transfere à Justiça Militar o julgamento de crimes cometidos por militares em missões de garantia da lei e da ordem, como a que ocorre atualmente no Rio de Janeiro.
Pela manhã, o projeto foi aprovado na Comissão de Relações Exteriores (CRE), mas não houve acordo para que a proposta passasse pela votação em plenário. Depois de meia hora de discussão sobre o tema e com o quórum reduzido, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retirou a proposta da ordem do dia. A votação foi remarcada para a próxima terça-feira (3/10). No meio da tarde, o banner gigante já não estava mais em frente ao Congresso Nacional.

0 comentários:

Postar um comentário