quinta-feira, 21 de setembro de 2017

‘BANCADA DA CHUPETA’ PEDE AOS COLEGAS QUE TENHAM ‘CORAGEM’ PARA TIRAR DINHEIRO DA SAÚDE E DAR PARA CAMPANHAS


Os senadores que ficaram conhecidos, durante o processo de impeachment de Dilma, como a “bancada da chupeta”, manifestaram-se há pouco no Senado, defendendo o projeto que dá metade dos recursos das emendas parlamentares aos partidos, para gastarem em campanhas. Os senadores Humberto Costa, Vanessa Grazziotin, Lindbergh Farias e Gleisi Hoffmann pediram aos colegas que tenham a “coragem” de admitir que precisam de muitos recursos para pagar as campanhas.

O senador Ronaldo Caiado apresentou um projeto de financiamento de campanhas eleitorais que utiliza o dinheiro que é pago às rádios e televisões para transmitirem a propaganda eleitora. Dessa forma, a propaganda eleitoral seria transmitida pelas redes públicas e apenas o dinheiro que hoje já é utilizado estaria disponível para as campanhas. A proposta encontrou oposição do senador Romero Jucá, que apresentou uma proposta alternativa, que utiliza dinheiro das emendas de bancada dos parlamentares. Caiado retrucou: “não concordo em tirar dinheiro de saúde e educação; não é o que a sociedade quer”.
Assim funciona a política do país da imoralidade, onde canalhas que usam planos de saúde sem limites acham que é corajoso matar a população nas intermináveis filas do SUS. 
Um país sem educação, saúde, transporte público e sem vergonha na cara precisa de um herói ou um choque de gestão nessa eleição de 2018. A arma que temos é o voto, então não podemos desperdiçar munição na próxima eleição.

Nesse momento percebemos poucos candidatos que se preocupam com o bem estar comum a todos, entre eles estão o senador Ronaldo Caiado e o deputado Jair Bolsonaro. 

0 comentários:

Postar um comentário